Como está o seu Jardim.

Caros leitores, estamos enfrentando dias de escuridão e incertezas, nunca vistos antes. Além do inimigo oculto que veio do oriente, temos que lidar também com a taxa de suicídio que aumentou muito durante esta pandemia.

Por Denise Ferreira - 26/06/2020 - 19:49 hs
Como está o seu Jardim.
Divulgação


 

 Muitas famílias que antes podiam planejar sua vida, despesas.. hoje veem-se em meio a um abismo de compromissos que não conseguem honrar. Tudo isso até parece mais um jogo que o universo nos colocou, onde precisamos passar por varias fases para chegar ao final com vida e pontos extras. E para que consigamos encarar este jogo precisamos antes de tudo, fazer florescer o jardim que há em nós. Manter o Jardim, bem cuidado sem que o “ mato” tome conta é cuidar da nossa morada interior, que é a própria alma, manter a mente sã, sem permitir que pensamentos indesejáveis se instalem é a nossa maior conquista e as sobrevidas do jogo. A conquista de um espaço pleno de paz e harmonia na mente e claridade dos pensamentos são os bônus extras do jogo. Além de alegrar o coração, traz bem estar ao corpo físico.

 

É nosso dever manter o Jardim limpo e nutrido sempre, não é nosso direito julgar os jardins do nosso próximo, mesmo que esteja distante de nós. Temos o livre arbítrio, cada um escolhe as sementes dos fruto que vai se alimentar, quem tem a paciência para esperar o fruto amadurecer, colherá frutos com boa qualidade, pois teve a sabedoria para compreender que os frutos, assim como o ser humano, precisam de fases para tornar-se maduros e assim despontar-se para a vida. Mas quem tem pressa, colhe o fruto antes do tempo, ainda verde, achando que o sabor é o mesmo de quando está maduro.. Algumas pessoas passaram a vida correndo de cá pra lá, sem tempo pra conversas, sem tempo para contemplar o belo da vida, ou uma simples conversa em família. Eis que a própria vida parou-nos a todos sem distinção. E quando a vida tenta empurrar para o abismo, como nestes tempo que estamos vivenciando, mais do que nunca, devemos lutar e viver.. não podemos sofrer por antecipação achando que não há mais solução, nem render-se ao desespero, achando que não há solução, deixando o coração apertado ou deixando a ansiedade tomar conta. Certamente, quem a vida já machucou, deva estar sempre em estado constante de alerta , passando os dias numa corrida interior incessante , sem ao menos deixar espaço para o pensar. Se você sente-se machucado pelo tempo e pela exposição aos acontecimentos, se estás sentindo na pele a dor da fragilidade, a dor de se sentir limitado e inseguro diante dos acontecimentos, é hora de voltar seu olhar para o seu jardim interior, aquele jardim secreto de bases fortes, que no inicio do ano fazia planos para uma colheita farta e que infelizmente precisou adiar seus planos para um futuro breve. Cada um sabe a dor que sente. Uns sentem a dor de perder entes queridos, outros de ser desligado do trabalho que desempenhavam, outros sentem a dor de não saber como será o amanhã.. e tudo isso junto tem o peso de uma bomba que atinge muitas famílias, e algumas pessoas não sabendo como desintegrar a “bomba”, optam por abreviar sua caminhada, cometendo o suicídio.. Sei que os dias mais parecem noites e que a incerteza paira sobre todos nós, por isso vigiemos os pensamentos constantemente para que nenhuma pontinha de maus pensamentos possam adentrar a mente. Cuidar do Jardim neste momento é um ato de amor próprio!

 

O jardim interior é de responsabilidade de cada um, muitos podem querer opinar uns para com os outros, sentir carinho ou inveja, muitos podem achar que a vida é mais florida para uns do que para outros, mas somente cada um poderá decidir pelo fruto

 

tenro e doce, pelas flores perfumadas ou queimadas, o tempo e o erro ajudam nas retificações, mas somente a alma considera qual é o melhor jardim, aquele que é possível desfrutar com saúde e alegria, ou aquele que nada floresce, quando se ficar preso aos frutos da decepção e da amargura.

 

Cuide de seus pensamentos, para que em seu jardim possa florescer a paz, dar frutos de alegria, com a docura do perdão. Quem consegue escolher sementes em dias de tempestades, aprende que os melhores frutos, nem sempre estão nas melhores embalagens. Muitas vezes um belo jardim florido, um dia já foi uma área sem nenhuma plantação. Agradeça pela oportunidade de aqui estar, também faz parte de um semear.. Plante amor por onde passar, mesmo que seus dias tenham sido de dor e sofrimento, com certeza todo amor voltara a você na forma de flores para seu rico jardim. Por falar nisso, Como está o seu jardim?

 

Que sua colheita seja farta!

 

Denise