Ação ou Omissão

Caros leitores, a cabala ensina que há dois caminhos a seguir, um deles é o desejo de compartilhar que é a ligação com o criador, é uma transformação proativa, ou o outro caminho se afastar do criador querendo receber somente para si é a transformação reativa em relação à dor, à dificuldade, ao sofrimento.

Por Denise Ferreira - 10/07/2020 - 17:37 hs
Ação ou Omissão
Divulgação

 

 Se alguém fizesse as escolhas por nós, ou se os obstáculos fossem removidos com um passe de mágica nunca chegaríamos a merecer receber a luz que emana do criador. O compartilhar verdadeiro é a transformação da sua natureza é por definição desconfortável, o livre arbítrio determina o compartilhar ou o egoísmo que interfere nas relações da alma( pensamento-palavra-atitude(ação ou omissão)). A escolha entre os dois caminhos terá consequências distintas e também destinos diferentes , basta avaliar o princípio e o resultado, você saberá qual o caminho está percorrendo. Esse ensinamento da cabala, me veio a mente, exatamente em meio aos acontecimentos das duas ultimas semana no sul do país. Ver tantas pessoas desabrigadas, perdendo suas casas e bens matérias, que muitas vezes levaram anos para adquirir e ainda conviver com o vírus que se fortalece a cada dia em nosso estado, nos deixa por vezes desanimados e sem respostas para os fatos. O ser humano diante de momento semelhante a estes, liga o botão solidariedade e sem perceber, faz em pouco tempo pelo o outro o que muitas vezes, por não querer mexer em sua zona de conforto levaria meses. É nessas horas em que o coração aperta, por ver crianças descalças em meio a água gelada e ao frio, em ver pais de famílias perdendo o bem mais precioso.. a vida. Somos todos iguais, perante a lei do criador, mesmo que alguns julguem-se melhores. Somos todos parte integrante da mesma Luz. Não moramos aqui. Nem sequer somos daqui. Não temos o direito de julgar ninguém, pois não sabemos o que o levou a escolher morar na encosta de um rio, ou fazer sua casa encostado em um paredão. Nenhum ser humano deveria passar por tudo isso, com crianças, idosos, mas por compreender que o livre arbítrio é o que destina nossos caminhos, cabe a nós dar apoio e sermos solidários com todos.

 

Aqui neste plano, embora faça parte de nós tudo aquilo que temos, bens materiais, dinheiro.. Nada disso nos pertence. Tudo o que temos nos foi um dia emprestado pelo Pai que há em nós, para que possamos dividir com aqueles que entram em nossa vida, provando assim a nós mesmos o quanto estamos aprendendo. Ninguém cruza nosso caminho por acaso, e nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão. Por isso vamos olhar o outro com os olhos de compaixão e repartir.

 

Há muito o que dar e mais ainda que receber. Há muito o que aprender, com experiências boas ou não tão boas. Nada na vida é por acaso, se você esta lendo isso e de repente despertou a vontade de ajudar, de doar ao menos uma peça de roupa, ou calçado, faça isso com amor, pois ajudar a quem precisa faz bem pra alma.

 

Fazer o bem, faz bem!

 

Denise