Olhar para dentro

Caros leitores, Quantas mães acham que se tentarem direcionar o caminho dos filhos, estes não passarão pelos desafios propostos para esta caminhada?

Por Denise Ferreira - 09/10/2020 - 20:54 hs
Olhar para dentro
Divulgação

 Inicío a matéria da semana falando das mães, pois são elas as primeiras a conhecer o filho através do olhar. Como ditado ditado popular diz. Para falar sobre a janela da alma, trago como referência o olhar de uma mãe. Costumo dizer sempre que é através do brilho dos olhos que podemos observar se a nossa dimensão mais profunda está acordada ou adormecida, aberta ou fechada. Quando estamos com essa janela aberta, a vida passa a ser mais fácil e tranquila, porque mesmo que apareçam desafios , despertamos forças para enfrentar os problemas . Se estamos com essa janela fechada ou adormecida, enxergamos sempre o amargo da vida, as tristezas, angústias, preferindo assim o isolamento de tudo e de todos. Se observarmos varias pessoas distintas durante este tempo de isolamento, perceberemos que cada uma traz um olhar diferente do outro. Há pessoas que em meio ao caos e desafios, que já passamos durante estes sete meses, demonstram através do olhar, sua paz de espirito, simpatia e essência luz, achando solução alternativa para driblar os desafios que chegar e assim passar por este momento com serenidade . Mas também existem pessoas que mesmo aparentemente demonstrando estar de bem com a vida, alegre.. ainda assim demonstram através do olhar, tristezas, preocupações e espírito de derrota constantemente, preferindo reclamar de tudo, se vitimizar, achando sempre que o mundo está sempre contra.. Somos o que atraímos para nossa vida. Partindo do principio que nossa essência mãe é luz vinda do criador, logo concluímos que se dentro estivermos bem, o mundo à nossa volta, estará de acordo com as nossas vontades. As janelas da alma estão sempre a disposição e abertas para todos, basta que estejamos dispostos a enxergar as boas coisas da vida. E neste mês voltado para a importância e cuidado que nós mulheres devemos ter com os exames nas mamas, te pergunto: Como está sua janela da alma? Aberta e pronta a fazer a revisão nesta máquina física? Ou adormecida e fechada, adiando sempre para o dia seguinte o que deverias fazer hoje? Quem sabe despertamos nossa janela da alma, para uma vida mais amorosa e plena de luz? Como? Enxergando as qualidades das pessoas e não os defeitos, partilhando amor e não ódio, partilhando sorrisos e não tristezas. Por maiores que sejam os desafios que surgirem, devemos acreditar que tudo faz parte de nossa evolução, reclamar, aumenta o tempo da tempestade junto a nós. Se usarmos nossa janela para olhar as boas coisas, o lado positivo em tudo, certamente nossos pensamentos atrairão um caminho mais leve e a vida passa a vibrar plena em todos os sentidos. Que nossos olhos são as janelas de nossa alma nós já sabemos, mas pedimos que eles nos ajude a não deixar a lâmpada escondida,( o

brilho) pois o que foi feito pra iluminar, que ilumine. Não deixe de fazer seu auto exame, pois de corôa ou de lenço todas as mulheres são a força da grande mãe amorosa de luz.

Denise