Torres a caminho de tornar-se a Capital Nacional do Balonismo, título foi aprovado na Comissão de Cultura, da Câmara Federal, em Brasília

Torres é a Capital Nacional do Balonismo. Foi aprovado na Comissão de Cultura da Câmara Federal nesta quarta-feira, 11 de maio, projeto que concede o título para o município, que já é o maior Festival de Balonismo da América Latina.

Por F.LUCE 13/05/2022 - 18:28 hs
Foto: PMT/DIVULGAÇÃO
Torres a caminho de tornar-se a Capital Nacional do Balonismo, título foi aprovado na Comissão de Cultura, da Câmara Federal, em Brasília
DIVULGAÇÃO

. Em Brasília, várias tratativas foram realizadas pelo prefeito Carlos Souza e Secretariado para conquista do título. Foi incansável a defesa do prefeito pela positiva designação, fazendo contatos, levando material, buscando pareceres favoráveis junto a autoridades e órgãos representativos.

Muito satisfeito, o prefeito destaca a importância do título para o município, reconhecendo que o mérito é em consequência do esforço de muitos. Citou o trabalho do vereador Gibraltar Vidal junto ao deputado federal Alceu Moreira, autor do projeto (PL 9073/2017). Também citou a articulação da ex-vereadora Zete Silveira com a deputada federal Maria do Rosário, responsável pela relatoria do PL. e única gaúcha na Comissão de Cultura.

Tramita ainda no Congresso Nacional o Projeto de Lei que confere a Torres o título de Capital Nacional do Balonismo desde 2017, mas a luta está ganha. Tendo em conta a tradição do balonismo na cidade, várias lideranças de diferentes segmentos, se empenharam na obtenção do título com o objetivo de incrementar o turismo no município. O Festival Internacional do Balonismo ocorre regularmente há 32 anos, sendo considerado um dos três maiores do mundo, junto com Albuquerque, nos Estados Unidos, e Chateau D’Ouex, na Suíça.

Além do tradicional Festival, Torres vem se tornando numa cidade formadora de balonistas nos últimos anos, com cerca de 30 pilotos locais competindo no Brasil e mundo afora e também proporcionando voos turísticos de balão pela cidade. Um dos melhores exemplos é do piloto torrense João “do Balão” que pela primeira vez na história de Torres terá um representante no Campeonato Mundial de Balonismo que em setembro acontece na Eslovênia.