Seja bem vindo
Torres,19/07/2024

  • A +
  • A -

REGIÃO DE TORRES SE PREPARA PARA RECEBER EVENTO INTERNACIONAL DA REDE DE GEOPARQUES DA UNESCO

A 7ª Conferência da Rede de Geoparques da América Latina e Caribe - prevista para novembro.

Fonte: Priscila Ventura / Ascom Geoparque Cânions do Sul
REGIÃO DE TORRES SE PREPARA PARA RECEBER EVENTO INTERNACIONAL DA REDE DE GEOPARQUES DA UNESCO Trilha do Rio do Boi - um dos pontos de destaque no território do Geoparque Cânions do Sul

 Representa um
importante marco para o território, reunindo autoridades, pesquisadores e
técnicos de diferentes áreas dos geoparques para refletir sobre pautas como
geoconservação, turismo, educação e desenvolvimento econômico sustentável.

OGeoparque Mundial da UNESCO
Caminhos dos Cânions do Sul e instituições parceiras estão trabalhando juntos
na organização da 7ª Conferência da Rede de Geoparques da América Latina e
Caribe (RedGeoLaC), que acontecerá entre os dias 6 e 9 de novembro. A região
será sede deste grande evento que faz parte do calendário de comemorações dos
20 anos da Rede Mundial de Geoparques da UNESCO (Global Geoparks Network –
GGN).

A Conferência representa um
importante marco para o território, reunindo autoridades, pesquisadores e
técnicos de diferentes áreas dos geoparques para refletir sobre pautas como
geoconservação, turismo, educação e desenvolvimento econômico sustentável.
Nesta sexta-feira, 5 de julho, aconteceu mais uma reunião da comissão
organizadora, que está elaborando a programação e trabalhando nos detalhes do
evento. Estão previstas atividades em todos os municípios do Geoparque, que é
formado por Cambará do Sul, Mampituba e Torres (no Rio Grande do Sul), Praia
Grande, Jacinto Machado, Timbé do Sul e Morro Grande (em Santa Catarina).

De acordo com a coordenadora
de Desenvolvimento Econômico do Geoparque e secretária da RedGeoLaC, Edinéia
Pallu, o evento está sendo construído de forma coletiva, com a contribuição de
representantes de renomadas instituições, entre elas o Sebrae, a Ulbra Torres e
diversas universidades através do Comitê Educativo e Científico do Geoparque. A
Conferência conta com apoio das secretarias estaduais de Turismo do Rio Grande
do Sul e de Santa Catarina, além da Embratur. 

Cachoeira da Cortina, em
Timbé do Sul (SC) – uma das muitas opções de trilha no território do Geoparque
Cânions do Sul

 Prazo para submissão de trabalhos para
conferência prorrogado

A programação apresentará
atrações como palestras, painéis temáticos, feira comercial, mostra de
trabalhos científicos, atividades educativas e visitas técnicas a geossítios. O
prazo para submissão de trabalhos foi prorrogado até o dia 5 de agosto.

O Geoparque, junto com o
Sebrae, também está desenvolvendo uma série de ações estratégicas de
qualificação do trade turístico com foco na preparação para o evento,
envolvendo os empreendimentos que participam da Georrota Cânions do Sul.

Para o diretor executivo do
Geoparque, Gislael Floriano, a Conferência será um momento especial para a região,
levando também os habitantes a conhecerem mais sobre os Geoparques Mundiais da
UNESCO. “Teremos a oportunidade de apresentar as potencialidades do nosso
território, a riqueza da geodiversidade, o trabalho que tem sido feito ao longo
dos últimos anos, mas também de apresentar a região para o Brasil e para o
mundo. Temos um grande potencial para desenvolvimento do geoturismo e muito a
ganhar compartilhando experiências com outros Geoparques”, destaca Floriano.

Mais informações sobre a
Conferência estão disponíveis no site: conferenciageolac.com  

paisagens geológicas de
Torres, como as do Parque da Guarita, integram Geoparque (Foto por Guile Rocha)

FONTE: Priscila Ventura /
Ascom Geoparque Cânions do Sul





























 




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login